02/10/2017 às 13h38min - Atualizada em 02/10/2017 às 13h38min

Produtor Rural critica Sindicato e Famasul

O Produtor Rural, Rui Escobar, proprietário de terras ocupadas por indígenas, na região de Paranhos, acusa o Sindicato, a Famasul e Advogados de terem influenciado na sua decisão de questionar a invasão e iniciar uma luta que só trouxe desgaste financeiros e emocionais para toda a sua família.
Abaixo, o desabafo feito pelo produtor:

“Infelizmente a Situação é muito Crítica para todos nós do AGRO.
Dá Porteira para Fora, É CLARO.
A Falta de Segurança JURÍDICA é  muito Grande.
Mesmo ASSIM nós CONTINUAMOS A PRODUZIR:
CARNE, GRÃOS, MADEIRAS....ETC...
A NOSSA CLASSE SEMPRE FOI MUITO DESUNIDA.
SOU Produtor Rural por descendência e Engenheiro Agrônomo   por OPÇÃO.
A 08 ANOS ATRÁS  OS ÍNDIOS INVADIRAM A FAZENDA SÃO LUIZ no MUNICÍPIO de PARANHOS.
NA Época eu deveria ter CONCORDADO e feito um ACORDO com o MPF para que os ÍNDIOS Ficassem numa Área de 30 HECTARES e eu Voltasse a ter a CAPACIDADE e a SEGURANÇA para CONTINUAR PRODUZINDO ( SOJA, MILHO, BOI e MADEIRA) numa ÁREA de 1.656,5 Hectares.
INFELIZMENTE, influenciado por SINDICATO,  FAMASUL e ADVOGADOS eu  resolvi QUESTIONAR a invasão e  iniciar uma Luta que só me TROUXE PREJUÍZOS e DESGASTE Financeiros e Emocionais.
Em Abril de 2015, Os ÍNDIOS  invadiram a SEDE  e o RESTANTE das ÁREAS PRODUTIVAS DA FAZENDA e Assim IMPOSSIBILITARAM a CAPACIDADE de CONTINUAR PRODUZINDO.
Hoje, Eu e a minha FAMÍLIA estamos VIVENDO o CAOS FINANCEIRO.
SERÁ que VAMOS TER QUE ESPERAR que MUITOS OUTROS PRODUTORES  Tenham que SER EXPULSOS DE SUAS ÁREAS e de Suas ATIVIDADES para TOMARMOS UMA DECISÃO.
Eu Tenho VERGONHA DA NOSSA CLASSE.
Precisamos Largar de sermos Tão EGOÍSTAS  e nos UNIRMOS para MUDAR a HISTÓRIA do AGRO no BRASIL.
Desculpe o DESABAFO.
ESPERO que CONTRIBUA para MUDAR AS NOSSAS ATITUDES.

RUI ESCOBAR.” 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

54.6%
6.3%
31.2%
7.9%