19/06/2017 às 10h12min - Atualizada em 19/06/2017 às 10h12min

Amambai poderá ser beneficiada por ferrovia

A Ferroeste é de economia mista e tem o Governo do Paraná como seu maior acionista

Com objetivo de concretizar a ligação entre o Porto de Paranaguá (PR) e o município de Dourados (MS) através da Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste), os Governos dos estados de Mato Grosso do Sul e do Paraná vão unir esforços. Recentemente na Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), o governador Reinaldo Azambuja e o titular da Seinfra, Marcelo Miglioli, se reuniram com o secretário de Obras e Logística do Paraná, José Richa Filho e o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin, para tratarem do assunto.

A Ferroeste é de economia mista, tem o Governo do Paraná como seu maior acionista e tem a concessão para explorar o trecho. Na prática, a ferrovia atende Cascavel e Guarapuava e a PMI serviria para ampliar a malha, fazendo com que a ferrovia passe a fazer a rota completa da concessão, indo do Porto de Paranaguá a Dourados. 

O próximo passo dado para discutir a questão foi no Encontro Internacional Sobre Gás Natural, do qual Reinaldo Azambuja participou.

Para o secretário Marcelo Miglioli, não há duvida de que a rota Dourados a Paranaguá é a melhor caminho para o escoamento da produção de MS.

Fonte: Secretaria do Estado de Infraestrutura


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »