11/08/2021 às 08h50min - Atualizada em 11/08/2021 às 08h50min

Polícia Civil identifica casal acusado de furto de moto

A Gazetanews
A Polícia Civil identificou e indiciou em inquérito, nesta terça-feira, 10 de agosto, um casal indígena por furto de moto, em Amambai.
O homem de 19 anos e a mulher de 28 anos, já havia sido preso em julho deste ano após furtarem uma moto na região do Jardim Panorama.
Na ocasião, ao notar a prática da ação criminosa, a vítima, com apoio de amigos, efetuou buscas, localizou o casal com a moto furtada já na saída para Caarapó, quando seguiam para a aldeia que residem, a aldeia Amambai, realizaram a retenção dos acusados e entregaram para a Polícia Militar.
Na Delegacia marido e mulher, que segundo a polícia antes daquele episódio já tinham passagens por uso de drogas e também crime de furto, foi autuado em flagrante, mas acabou soltou por parte do Poder Judiciário, para responder em liberdade, já que a legislação permitia tal medida.
Em relação ao caso atual, segundo a polícia, o casal havia furtado na manhã da sexta-feira, 6 de agosto, uma Honda Biz do estacionamento de um estabelecimento comercial, onde a vítima, uma mulher de 39 anos, trabalha.
Durante as investigações os policiais chegaram ao casal, que teria confessado ter praticado o furto e levado a moto furtada para a aldeia Amambai, onde reside.
De acordo com a Polícia Civil, em depoimento o casal teria relatado que havia vendido a moto, que de acordo com a polícia está avaliada em cerca de R$ 4 mil, por R$ 400,00 para uma pessoa moradora na aldeia.
Como não estava em situação de flagrante, o casal o ouvido, indiciado e liberado, como determina a legislação em vigor no país, para responder ao processo em liberdade.

A polícia trabalha agora para localizar o receptador e consequentemente a moto furtada.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.6%
2.0%
32.9%
8.5%