26/05/2021 às 11h40min - Atualizada em 26/05/2021 às 11h40min

Amambai permanece com bandeira vermelha

correiodoestado

Nas últimas duas semanas, Campo Grande apresentou piora nos indicadores relacionados à Covid-19 e, desta forma, voltou para a bandeira vermelha, que representa grau alto de contaminação do coronavírus.

Até então, o município estava no risco médio, classificado pela bandeira laranja.

É o que aponta o boletim do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) divulgado nesta quarta-feira (26).

Conforme o Prosseguir, para os municípios da bandeira vermelha, entre as recomendações está o toque de recolher das 21h às 5h.  

Conforme o novo mapa situacional, Dourados, que estava no risco médio, passou para a bandeira cinza, de grau extremo.

Com isso, o toque de recolher no município passa a ser das 20h às 5h, de quarta-feira (26) à sábado (29). O prefeito também estuda a adoção de novas medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19.

A maioria dos municípios do Estado está na bandeira vermelha, sendo 46 cidades nesta classificação de risco.

Outras 23 cidades estão na bandeira laranja, de risco médio e9  na bandeira amarela, de grau tolerável.

Nenhuma cidade se classifica na bandeira verde, de grau baixo da Covid-19.

Quanto ao toque de recolher, nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja será mais flexível, das 22h até às 5 da manhã; os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e na cinza, o toque de recolher deve acontecer das 20h até às 5 da manhã.  

 

Para gerar a classificação, o Prosseguir avalia seis indicadores municipais, sendo eles:

  • Taxa de rastreio e monitoramento de contato de casos confirmados e suspeitos de Covid-19;
  • Variação da incidência de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) com confirmação ou suspeita de Covid-19;
  • Variação da incidência de casos de SRAG na população indígena;
  • Variação da incidência de novos óbitos por SRAG com suspeita ou confirmação de Covid;
  • Ocupação leitos de UTI do Sistema Único de Saúde por casos de SRAG/Covid-19;
  • Eficiência na aplicação das doses do programa de vacinação da campanha contra a Covid-19.

A avaliação dos indicadores é realizada semanalmente para elaboração de relatórios a serem submetidos à validação do Comitê Gestor do Prosseguir e para gerar a classificação de risco por cores de bandeiras.

Através dessa classificação, são estabelecidas recomendações para municípios referentes ao ritmo de funcionamento das atividades socioeconômicas.

 

Gra extremo - bandeira cinza

  • Dourados

Grau alto - bandeira vermelha

  • Água Clara
  • Amambai
  • Anastácio
  • Angélica
  • Aparecida do Taboado
  • Aquidauana
  • Bataguassu
  • Bodoquena
  • Bonito
  • Caarapó
  • Camapuã
  • Campo Grande
  • Cassilândia
  • Chapadão do Sul
  • Coronel Sapucaia
  • Corumbá
  • Costa Rica
  • Coxim
  • Deodápolis
  • Eldorado
  • Fátima do Sul
  • Guia Lopes da Laguna
  • Inocência
  • Itaporã
  • Itaquiraí
  • Ivinhema
  • Jardim
  • Juti
  • Maracaju
  • Miranda
  • Naviraí
  • Nioaque
  • Nova Andradina
  • Paranaíba
  • Pedro Gomes
  • Ponta Porã
  • Porto Murtinho
  • Rio Brilhante
  • Rio Verde de Mato Grosso
  • Rochedo
  • Santa Rita do Pardo
  • São Gabriel do Oeste
  • Sidrolândia
  • Terenos
  • Três Lagoas
  • Vicentina

Grau médio - bandeira laranja

  • Alcinópolis
  • Anaurilândia
  • Antônio João
  • Aral Moreira
  • Bela Vista
  • Brasilândia
  • Corguinho
  • Dois Irmãos do Buriti
  • Figueirão
  • Iguatemi
  • Japorã
  • Jaraguari
  • Jateí
  • Ladário
  • Laguna Carapã
  • Mundo Novo
  • Nova Alvorada do Sul
  • Paranhos
  • Ribas do Rio Pardo
  • Selvíria
  • Sete Quedas
  • Sonora
  • Tacuru

Grau tolerável - bandeira amarela

  • Bandeirantes
  • Batayporã
  • Caracol
  • Douradina
  • Glória de Dourados
  • Novo Horizonte do Sul
  • Paraíso das Águas
  • Rio Negro
  • Taquarussu

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »