31/03/2021 às 11h25min - Atualizada em 31/03/2021 às 11h25min

MS libera comércio e cria 3 toques de recolher

Municipios terão horários diferentes, de acordo com a bandeira de classificação de risco para covid

correiodoestado
O governador Reinaldo Azambuja anunciou há pouco que Mato Grosso do Sul terá 3 horários diferentes de toque de recolher a partir da próxima segunda-feira.
Em municípios com bandeiras laranja, amarela e verde, o horário será mais flexível, de 22h às 5h. Para cidades em bandeira vermelha, o horário será de 21h às 5h. Em locais mais críticos, com bandeira cinza, o horário será de 20h às 5h, como vigora atualmente para todo o Estado.

Campo Grande, por exemplo, terá o horário flexibilizado. Como foi reclassificada de grau cinza para a bandeira vermelha hoje, o toque de recolher passa para 21h às 5h a partir de segunda-feira.

Segundo Reinaldo, a partir do dia 5, as atividades econômicas também estarão liberadas para reabrir as portas, seguindo as medidas de biossegurança já estabelecidas, como máximo de 50% na capacidade de ocupação dos prédios, uso de máscara e cuidado com distanciamento social.

Apesar disso, lembrou que só hoje são 57 mortes registradas no boletim epidemiológico. “Já aumentamos em 1 ano de pandemia 430% o número de leitos de UTIs em várias regiões, mas não tem sido suficiente. 

Mapa vermelho -

Nesta quarta-feira, apenas Sidrolândia é classificada com bandeira cinza pelo Programa Prosseguir.

Outras 55 cidades estão em bandeira vermelha, entre elas Campo Grande. Apesar da superlotação na Capital, com 34 óbitos por covid e 1.036 contaminados em apenas um dia, a cidade ganhou uma bandeira mais branda, e saiu da classificação cinza.

São 25 em classificação laranja e apenas 2 em amarelo - Jaraguari e Rochedo. Não há nenhum município de Mato Grosso do Sul com grau "verde" de risco para covid. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O atual prefeito, Dr Bandeira, deve tentar uma vaga de Deputado Estadual nas próximas eleições?

77.9%
22.1%