10/03/2021 às 14h17min - Atualizada em 10/03/2021 às 14h17min

Agente penitenciária de Naviraí comete suicídio em quarto de hotel

O velório e o sepultamento foi no município de Amambai, onde residem seus familiares

(Com informações do site Tanamídia)
A agente penitenciária, Mônica Hainoski de Souza, de 38 anos, faleceu na última segunda-feira (8) após atirar contra a própria cabeça em quarto de hotel em Naviraí.
Mônica era servidora da Penitenciária de Segurança Máxima de Naviraí.

A agente chegou a ser atendida pela equipe do SAMU que a encaminhou para o Hospital Municipal de Naviraí, porém não resistiu ao ferimento e veio à óbito durante o atendimento.

Mônica deu entrada em um Hotel da cidade na noite de segunda, e após às 22 horas uma funcionária do estabelecimento ouviu um disparo de arma de fogo vindo do quarto onde a servidora estava hospedada. A funcionária acionou a polícia militar que ao chegar no local encontrou Mônica com um ferimento à bala na cabeça, ao lado do corpo da agente penitenciária havia uma pistola Taurus, calibre 9mm, com uma munição deflagrada.

Antes de tirar a própria vida, Mônica teria postado uma mensagem de despedida em suas redes sociais, na mensagem ela se desculpava com familiares e colegas de trabalho, além de pedir perdão para o filho e que alguém tomasse conta de seus gatos.

O caso foi registrado no primeiro DP da Polícia Civil de Naviraí, a polícia está investigando o caso e irá ouvir algumas testemunhas.

Segundo a família, a agente penitenciária estava sofrendo com problemas no casamento e questões emocionais, um possível caso de depressão pode ter levado ao suicídio.

A Agepen divulgou uma nota de pesar comunicando o falecimento da servidora.
  

(Com informações do site Tanamídia)
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O atual prefeito, Dr Bandeira, deve tentar uma vaga de Deputado Estadual nas próximas eleições?

77.9%
22.1%