05/11/2020 às 11h05min - Atualizada em 05/11/2020 às 11h05min

Desgastado com denúncias de corrupção, Reinaldo ‘some’

midiamax

O desgaste político isolou  (PSDB), que ‘sumiu’ nas candidaturas de tucanos e aliados nas eleições municipais de 2020 em Mato Grosso do Sul. A ausência é tamanha, que o governador chegou a pedir licença de uma semana e o vice, Murilo Zauith, assumiu o Governo em plena reta final da campanha.

Denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, Reinaldo corre o risco de ser afastado do Governo pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) a qualquer momento. Assim, o paradeiro do governador nesta semana de ‘folga’ é alvo de especulações.

“Como ninguém detalha nada oficialmente, já ouvi até que estaria pescando de novo, como no começo do ano, como se nada estivesse acontecendo. Outros me disseram que ia fazer exame de saúde’, relata um candidato tucano no interior que acha constrangedor o esforço para esconder a imagem do governador nas campanhas do partido.

Oficialmente, o Governo de MS se limitou a informar que a licença de Reinaldo é para tratar de ‘assuntos particulares’.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

57.0%
1.7%
32.8%
8.5%