25/05/2020 às 08h43min - Atualizada em 25/05/2020 às 08h43min

Condutores podem imprimir licenciamento sem sair de casa

correiodoestado

Agora, o Certificado de Registro e Licenciamento (CLV) para veículos pode ser impresso em casa no papel A4. Isso ocorre porque, depois de renovado, o documento fica em formato digital e pode ser acessado através do QRCode e aplicativo. O novo serviço pode ser feito em casa ou nas agências do Departamento Estadual de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran-MS). 

Para isso, o sistema que armazena os documentos Passados ​​testes durante uma semana, para que não exista nenhum problema durante a fiscalização, o segundo ou o diretor de Veículos do Detran / MS, Arioldo Centuriao Junior. “Uma mudança no formato não terá mais obrigatoriedade de papel-moeda, sendo formatada para um documento indexado em PDF que pode ser impresso em papel A4 em qualquer local. A validação se dá por meio da leitura do QRCode inserido no documento. ”, Explicou. 

Para obter uma versão impressa, o proprietário deve acessar o Portal de Serviços de Denatran ou aplicativo, Carteira Digital de Trânsito (CDT). O login é feito com os dados do cadastro no portal gov.br, informações do CPF e senha. Para veículos de Pessoa Jurídica, a CRLV está disponível no Portal do Denatran, com login por Certificado Digital.

Para o diretor-geral do Detran Rudel Trindade, o Detran Digital já era prioridade para o Departamento e a atual situação sanitária do país acabou demonstrando claramente a necessidade de intensificar a utilização de canais digitais. “Temos incentivado nossos clientes a procurar alguns serviços pelo nosso site e já temos várias situações que podem ser resolvidas pela Internet ou pelo aplicativo do órgão. E essa facilidade é mais um avanço que o órgão está realizando ”, afirmou.

Ele explica que a extinção de moeda de papel permite mais comodidade para a população, além de contribuir com isolamento social, impedir a disseminação de novos coronavírus. “Não será mais necessário se deslocar até o órgão para imprimir ou licenciar e aqueles que optarem por não imprimir, também é possível emitir o documento pelo aplicativo CDT, que hoje mais de 50 mil pessoas já usam no Estado”, comenta.

Em conformidade com a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), ou o prazo final para os Detrans do Estado adotarem o novo serviço em 30 de junho. 

Os condutores que pagam ou licenciam até o dia 31 de maio, ainda recebem o licenciamento no papel moeda. A partir do dia 1 de junho, todos passam a usar apenas o papel comum ou aplicativo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.4%
3.3%
32.1%
8.2%