21/10/2019 às 19h26min - Atualizada em 21/10/2019 às 19h26min

População decidiu que quer mini anel viário

amambainoticias

Por 314 votos a 106, a população de Amambai que votou na consulta pública realizada neste sábado pela Prefeitura Municipal, decidiu pela construção do minianel viário no município. Moradores tiveram oportunidade de escolher se os investimentos seriam destinados para construção de um mini anel ou para implantação de pavimentação asfáltica na cidade.

A votação aconteceu durante todo este sábado (19), em urnas localizadas nas associações de moradores das vilas Limeira, Panorama, Cristina, na praça Coronel Valêncio de Brum, no Auto Posto Berlitz, nos Supermercados Planalto, Sol e Ki-Carne.

A apuração aconteceu a partir das 16h na sala de reuniões da Prefeitura de Amambai e contou com a presença do prefeito de Amambai, Dr. Bandeira, dos vereadores Darci, Maikell Ruiz, Roberto Dias e Roberdo Sangue Bom, além dos secretários municipais, Lígia Borges, Jauro Moretto e Eronilde Saldanha.

Votos da urna do Supemercado Planalto não foram computados

Visando manter a lisura da consulta pública e em decorrência de alguns problemas encontrados na audição da urna localizada no Supermercado Planalto, o prefeito de Amambai e os servidores responsáveis pela apuração dos votos decidiram por não contabilizar os votos depositados na referida urna.

Isso porque o resultado desta apresentou inconsistência, uma vez que as cédulas presentes na urna não bateram com a quantidade de assinaturas contidas na lista de controle.

Além disso, 13 cédulas não apresentavam a assinatura dos mesários, o que era obrigatório para a validação do voto.

De acordo com o prefeito de Amambai, a situação será avaliada pelos responsáveis do setor jurídico da Prefeitura Municipal e da Câmara de Amambai.

"A população que votou já mostrou o que deseja e é o minianel viário, apesar da consulta com o nosso setor jurídico, nós vamos oficializar esse resultado e entregaremos ao governador", garantiu Dr. Bandeira, que acompanhou de perto a apuração das urnas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »