18/10/2019 às 11h28min - Atualizada em 18/10/2019 às 11h28min

Prefeito quer lombadas eletrônicas funcionando

As lombadas eletrônicas instaladas em todo o estado, foram desligadas porque o Governo do Estado, através do DETRAN-MS – não pagou pelos serviços prestados e achou por bem cancelar o contrato em comum acordo com a empresa, a Perkons.

Acontece que o Prefeito de Amambai, Dr. Ednaldo Bandeira, determinou ao superintendente do Departamento de Trânsito de Amambai, José Luiz Karasek, que o mesmo fosse até o DETRAN, para uma reunião com seu Presidente, Luiz Carlos da Rocha Lima, para tratar da permanência e volta ao funcionamento das lombadas eletrônicas instaladas no perímetro urbano de Amambai.

Segundo o Detrat, levando em consideração a diminuição real dos acidentes em Amambai, a Prefeitura do Município através do Detrat, decidiu então propor uma nova parceria com a empresa, agora no âmbito municipal.

Após o acordo fechado, o município de Amambai que antes não tinha compromisso com a empresa, apenas cedia o espaço, passa a pagar um valor mensal pela estadia e manutenção dos equipamentos. Em contrapartida, o valor arrecadado através das notificações, que antes iam inteiramente para os cofres do Estado, passam a somar nos cofres do município.

Segundo Karasek, caso o acordo com a Perkons se oficialize, os equipamentos voltam a operar. Mas antes de as notificações começarem a ser lavradas, haverá um período de readaptação para os condutores.
"Nosso objetivo não é arrecadar dinheiro e sim, garantir a segurança dos nossos munícipes no trânsito", garantiu Karasek.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »