01/06/2019 às 06h33min - Atualizada em 01/06/2019 às 06h33min

Indígena é condenado por feminicídio em Amambai

agazetanews
O Tribunal do Júri de Amambai se reuniu na sexta feira (31 maio) e condenou Teodoro Esquivel, indígena de 44 anos, a oito anos de dois meses de reclusão em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio contra sua então esposa, com quem era casado há 23 anos e tinha quatro filhos, na Aldeia Limão Verde em Fevereiro de 2017.
A sessão do Tribunal do Júri foi presidida pelo Ilmo. Sr. Dr. Juiz Marcus Vinicius de Oliveira Elias, Juiz Substituto da Terceira Vara Criminal de Amambai.
A frente da Promotoria Pública Estadual, esteve o Dr. Luiz Eduardo Santana Pinheiro.
Teodoro, que já estava preso, permanecerá, a princípio, na PAM de Amambai, para onde foi reencaminhado após o julgamento.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

54.7%
6.0%
31.3%
7.9%