01/06/2019 às 05h03min - Atualizada em 01/06/2019 às 05h03min

Contas de água e esgoto ficarão 4,94% mais caras

Contas de água e esgoto ficarão 4,94% mais caras a partir de julho no interior do Estado, nos municípios atendidos pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul).

Portaria da Agência da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS (Agepan) com a homologação do reajuste tarifário foi publicada hoje no Diário Oficial do Estado.

Conforme a publicação, apenas em Três Lagoas o porcentual será menor, com aumento de 4,58% no serviço público de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

Para os outros 67 municípios atendidos pela concessionária, o reajuste será de 4,94%, calculado com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), dos meses de maio de 2018 a abril de 2019.

Este aumento compreende os municípios de Amambai, Água Clara, Alcinópolis, , Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Coronel Sapucaia, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Sonora, Tacuru, Taquarussu, Terenos e Vicentina.

As tarifas passam a vigorar a partir do dia 1º de julho.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

54.7%
6.0%
31.3%
7.9%