22/02/2017 às 20h40min - Atualizada em 22/02/2017 às 20h40min

Força-tarefa faz arrastão contra a dengue

Equipes da Prefeitura Municipal estão intensificando trabalhos para reduzir infestação do mosquito aedes aegypti

Assessoria
A cidade foi dividida em 8 setores, sendo que durante os três primeiros dias os trabalhos estão concentrados na região da Vila Doriane.
O trabalho de visitas domiciliares está sendo feito pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenadoria de Vigilância em Saúde. Já as ações de limpeza contam com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, responsável em fazer a coleta do lixo e materiais recolhidos dos quintais de imóveis e também de terrenos baldios.

Conforme a Coordenadoria de Vigilância em Saúde, a intensificação dos trabalhos começou na terça-feira, dia 21, no setor 2 que é formado pelos bairros da região da Vila Doriane. Neste local o índice de infestação do mosquito aedes aegypti está muito alto. Para se ter uma dimensão do problema, em 221 visitas domiciliares em apenas 1 dia, os agentes localizaram 21 focos do mosquito transmissor.

A média de infestação de aedes aegypti em Amambai é de 4,7%, índice bem acima do tolerável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de até 1%. Até está quarta-feira, dia 22, os agentes tinham feito 80 notificações de casos suspeitos de dengue no município, sendo que até o momento apenas 3 foram confirmados pelos exames feitos pelo Laboratório Central (Lacen), em Campo Grande.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.2%
3.6%
32.0%
8.2%