02/03/2019 às 07h06min - Atualizada em 02/03/2019 às 07h06min

Motorista escolar é acusado de importuno sexual

agazetanews
Ilustrativa
Caso de suposto importuno sexual contra a mulher foi registrado no início dessa semana e envolveu uma universitária indígena de 18 anos e um motorista de ônibus que atua no transporte escolar, em Amambai.

Segundo relatou a vítima à polícia, o fato aconteceu após ela embarcar no ônibus escolar após o término da aula para retornar para casa na noite da segunda-feira, 25 de fevereiro e, como é uma das últimas da linha a desembarcar do ônibus, ela estava só com o motorista quando o mesmo teria perguntado se ela tinha namorado e em ato contínuo, teria passado a mão nas suas coxas.

Constrangida com a situação a jovem procurou a polícia e registrou a ocorrência mesmo não sabendo informar o nome do motorista, mas passou suas características, facilitando sua identificação.

O delegado titular de Polícia Civil em Amambai, Dr. Pedro Ramalho, que atua no caso, informou que a Polícia Civil já tem a identificação do suspeito e deverá intimá-lo nas próximas horas para tomar sua versão dos fatos, só então a autoridade policial vai decidir que medidas serão adotadas em relação a questão.

A Prefeitura de Amambai, entidade a qual o suspeito é funcionário, teria informado que o motorista seria substituído daquela linha de transporte escolar até que o caso seja esclarecido.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O atual prefeito, Dr Bandeira, deve tentar uma vaga de Deputado Estadual nas próximas eleições?

78.0%
22.0%