14/02/2017 às 19h14min - Atualizada em 14/02/2017 às 19h14min

ACIA e bancos discutem recolhimento de cédulas

Por iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Amambai (ACIA) se reuniram representantes das agências bancárias de Amambai e a diretoria da entidade. 

Participaram da reunião o Gerente do Banco do Brasil, Olivar Rech; Daniela Berté (gerente administrativo do BB); Fábio Pezarico (gerente financeiro do Sicredi); Cleber Magalhães (gerente do Bradesco) e Josafá Cavalcanti (técnico bancário, representando a Caixa Econômica Federal).

Já existe uma regulamentação do Banco Central desde 2009 (Carta Circular 3.373, de 23.01.2009) sobre as cédulas utilizáveis, não-utilizáveis, dilaceradas e mutiladas. O BC tira de circulação as cédulas que apresentam algum dano, mas em alguns casos essas cédulas não são aceitas pelo BC, causando um prejuízo aos bancos.

Diante disso, os bancos também passaram  a ser mais cautelosos sobre aceitar ou não essas cédulas, o que vem causando dúvidas e incertezas nos comerciantes e consumidores. O gerente do Bradesco, Cleber Magalhães, mostrou dados onde R$ 1 milhão de cédulas em mal estado de conservação foi enviado pelos bancos da região a Central do Bradesco em Dourados. Desse montante, R$ 100 mil não foram aceitos, causando prejuízo aos bancos. Da agência de Amambai o prejuízo foi de quase R$ 1 mil reais.

fonte:agazetanews


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.4%
3.3%
32.1%
8.2%