09/08/2018 às 06h20min - Atualizada em 09/08/2018 às 06h20min

Traficante morre soterrado por fardos de maconha

Assessoria

Um homem de 45 anos, identificado como Luiz Carlos de Araújo Santos, que é natural do estado do Maranhão, mas tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de Brasília, morreu ao capotar um veículo carregado de maconha durante tentativa de fugir da Polícia Militar no início da manhã de quarta-feira, entre Amambai e Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai.

Segundo consta na ocorrência policial, ao notar que seria abordado por uma equipe da Polícia Militar em Coronel Sapucaia, o condutor da Hyundai Santa Fé, cor prata, no ato com placas frias de Campo Grande-MS, teria acelerado e seguido em alta velocidade pela Rodovia MS-289, em direção a cidade de Amambai, e após passar pela aldeia Taquapery, o traficante perdeu o controle da caminhoneta, que saiu da pista e capotou.

O Corpo de Bombeiros de Amambai chegou a ser acionado, mas ao chegar ao local, o homem, que ficou parcialmente soterrado sob a carga de maconha, já estava sem vida.

Estavam sendo transportadas no estilo “cavalo doido” na Santa Fé, cujas placas originais são de Uberlândia, Minas Gerais, que tinha queixa de roubo em Minas, 1.868 quilos de maconha divididos em 2.200 tabletes da droga.

Uma equipe da Polícia Civil de Amambai esteve no local do capotamento realizando os levantamentos de praxe e a droga apreendida foi trazida para Amambai.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.2%
3.3%
32.2%
8.2%