02/06/2018 às 14h08min - Atualizada em 02/06/2018 às 14h08min

Por conta da greve, cidade sofre desabastecimento de gás

Exército aguarda chegada do produto na capital para realizar escolta até Amambai.

Por conta da greve nacional dos caminhoneiros que começou no início da semana passada e ainda persiste em várias localidades do país, Amambai sofre com desabastecimento de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), o popularmente conhecido gás de cozinha.

Os últimos botijões nas distribuidoras autorizadas da cidade foram comercializados na segunda-feira, dia 29 de maio e ainda não tem previsão exata que quando o produto poderá voltar ao mercado.

Também terminou na cidade o gás em cilindro, geralmente utilizado em estabelecimentos hospitalares ou em setores como restaurantes e industriais.

O produto está em falta em todo o Mato Grosso do Sul. Segundo o comando do 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado (17º RC Mec), com sede em Amambai, uma equipe do Exército Brasileiro está de prontidão na capital do Estado e assim que o gás estiver disponível, irá realizar a escolta de caminhões transportando o produto para restabelecer o abastecimento de gás nos estabelecimentos autorizados da cidade.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »