09/05/2018 às 14h45min - Atualizada em 09/05/2018 às 14h45min

Promotor de Justiça de Amambai vai para Dourados

Foi promovido para entrância especial

O Conselho Superior do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul reuniu-se, na manhã desta terça-feira (8/5), para deliberar sobre os expedientes, matéria do dia e os julgamentos de Inquéritos Civis e Procedimentos.
Foi primeira Reunião Ordinária, após a posse, que o Procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos presidiu.
 O primeiro expediente analisado pelo Conselho referiu-se ao Processo PGJ/10/0893/2018, que tratou da promoção pelo critério de antiguidade para a 12ª Promotoria de Justiça da comarca de Dourados, entrância especial.
Foram inscritos para esse processo os seguintes Promotores de Justiça: Luiz Eduardo de Souza Sant’Anna Pinheiro, Romão Ávila Milhan Júnior, Fernanda Proença de Azambuja, Radamés de Almeida Domingos, João Meneghini Girelli e Thiago Barbosa da Silva. No entanto, compuseram a lista tríplice os Promotores: Luiz Eduardo de Souza Sant’Anna Pinheiro, Romão Ávila Milhan Júnior e Fernanda Proença de Azambuja.

Atendendo o critério de antiguidade, e por sua destacada e importante atuação, foi promovido para a 12ª Promotoria de Justiça da comarca de Dourados, o Promotor de Justiça Luiz Eduardo de Souza Sant’Anna Pinheiro.

Em sua página na rede social Facebook, o Promotor despede da população e dos amigos de Amambai
 
 
Luiz Eduardo Sant'Anna Pinheiro está com Adriana Lorensettioutras 13 pessoas em Amambai.
6 h · Instagram · 
Na sessão de ontem - 08.05.2018 - o Conselho Superior do MPMS votou minha promoção para a entrância especial. Tal como na proclamação do resultado do concurso para Promotor de Justiça, no nem tão longínquo ano de 2010, um filme passa pela minha cabeça: Trajetória de vida, conquistas, dificuldades, frustrações, comarcas por onde passei, amigos, profissionais e servidores do MP que conviveram comigo e acima de tudo, a possibilidade de trabalhar aplicando os ideais de Justiça que aprendi pelos meus pais, livros, amigos e profissionais que me inspiro. Só sei que não foi fácil. E quem disse que seria? Após ter iniciado minha carreira na gloriosa Porto Murtinho, passado por Ribas do Rio Pardo, me titularizado em Nova Alvorada do Sul, em 2013 fui “eleito” para atuar na querida comarca de Amambai, por onde venho me dedicando por quase 5 anos de minha vida. Quero agradecer a Deus, a espiritualidade superior pelas bençãos recebidas e externar que devo muito a este lugar. Um período de crescimento espiritual, intelectual, institucional em nível acelerado, onde pude executar muito do que aprendi nos livros e com alguns exemplares Promotores de Justiça aquilo que seria um verdadeiro agente de transformação social. Aprendi amar esse povo, as ruas, esta história. Por essa mesma razão, venho expressar através deste post o meu sincero agradecimento a comarca e a todos aqueles que me receberam com muita estima e carinho, seja nos atendimentos, seja nas palestras, eventos, reuniões ou mesmo nos atos judiciais realizados neste foro. Tenho a plena convicção que grande parte da população acredita na justiça e que podem, de alguma forma, contribuir para um mundo melhor, fazendo a diferença na comunidade. Como certa feita disse Chaplin “Cada pessoa que cruza o nosso caminho deixa um pouco de si e leva um pouco de nós”. Levarei comigo o imenso privilégio e a honrosa experiência de ter sido Promotor de Justiça em Amambai. Nosso ideal de Justiça não acaba, apenas muda de local. Que venha Dourados.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

56.6%
2.0%
32.9%
8.5%