22/01/2017 às 17h19min - Atualizada em 22/01/2017 às 17h19min

Funcionário da Câmara é agredido por vereador

O ex-presidente da Câmara Municipal de Amambai-MS, vereador Anílson Rodrigues de Souza, o "Prego" e um funcionário efetivo do Poder Legislativo saíram feridos após trocarem agressões no gabinete da presidência.

De acordo com o site Agazetanews, consta na ocorrência policial, que após o término de uma reunião com os funcionários da Casa de Leis, Prego, solicitou ao funcionário Almir Farias da Cunha, de 51 anos, que permanecesse no gabinete para uma conversa em particular.

O desentendimento teria ocorrido pelo fato de Almir apanhar seu celular para gravar tal conversa com o vereador.

Ocorreu uma discussão e vereador e funcionário acabaram entrando em luta corporal, quando Prego teria tentado tomar o celular de Almir.

O motivo do desentendimento foi uma matéria do jornal eletrônico agazetanews.com.br, , que noticiava a invasão de prédio público ao lado da Câmara, a antiga Casa do Artesão e a utilização indevida da luz elétrica, por meio de um rabicho (cabo improvisado) conectado ao banheiro masculino, em uma flagrante improbidade administrativa.

Consta ainda no BO nº 1842/2016, de que quando Almir foi até a Delegacia para registrar o B.O, um filho do vereador, mais conhecido como "Taxinha", o teria agredido com socos e pontapés e ainda ameaçado Almir da Cunha dizendo que "todas as vezes que o encontrar irá bater nele e que coisas mais sérias poderão ocorrer".

O caso foi registrado como lesão corporal reciproca, conforme artigo 125, § 5, inc. II do Código Penal e Lesão Corporal dolosa (Artigo 129 CP). Tanto o vereador como o funcionário, foram citados na ocorrência policial como autor e vítima e passaram por exame de corpo de delito. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O atual prefeito, Dr Bandeira, deve tentar uma vaga de Deputado Estadual nas próximas eleições?

78.0%
22.0%