19/02/2018 às 11h16min - Atualizada em 19/02/2018 às 11h16min

Mulher é atingida a tiros enquanto pegava milho para alimentar galinhas

midiamax/agazetanews

A Polícia Militar foi acionada para se dirigir até uma fazenda que fica a 30 quilômetros da cidade de Amambai, no final da manhã deste domingo (18). Eles foram informados de que uma mulher havia sido morta a tiros entre uma mata e lavoura de soja. O marido Alessandro Gonçalves, que segundo a polícia não é indígena,contou aos policiais que ambos tinham ido buscar comida para galinhas quando viu dois homens e escutou os tiros.

Alessando correu para dentro do mato, mas a mulher caiu, ele voltou para ver o que havia ocorrido e viu que sua esposa tinha sido atingida pelo disparo.

Informações do boletim de ocorrência dão conta de que a vítima de 37 anos, Marinelza Lopes, que é de origem indígena, apresentava uma perfuração no cotovelo esquerdo e outra na lateral esquerda próxima ao peito. 

Ainda conforme boletim de ocorrência, os policiais realizaram diligências pela mata, porém ninguém foi localizado, a arma do crime também não foi localizada. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã. O caso foi registrado como homicídio simples.

Segundo a polícia, a equipe de investigação da Delegacia de Polícia Civil em Amambai está trabalhando no caso, mas até o momento não tem pista em relação a autoria do crime.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para Governador fosse hoje, quem teria o seu voto?

35.1%
8.2%
7.6%
22.2%
11.7%
15.2%