19/01/2018 às 16h06min - Atualizada em 19/01/2018 às 16h06min

Defesa Civil emite primeiro alerta de SMS para Amambai

Aviso orienta população a não permanecer em locais abertos devido ao risco de queda de raios

A Coordenadoria de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul (Cedec/MS) emitiu nesta tarde o primeiro alerta para a ocorrência de desastres naturais via SMS no Estado. O aviso é direcionado a Amambai e mais 35 municípios da região sul em virtude da previsão de chuvas intensas com ocorrência de raios.

No texto, enviado aos celulares cadastrados pelo número 40199, a Defesa Civil orienta a população dos municípios relacionados a evitar áreas abertas e não ficar embaixo de árvores, devido ao risco de descargas elétricas.

O alerta foi direcionado aos seguintes municípios: Amambai, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sete Quedas, Tacuru, Taquarussu, Vicentina,  Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo e Naviraí.

Cadastro

Desde a última segunda-feira (15.01), está disponível à população sul-mato-grossense o cadastramento para receber alertas de desastres naturais para o endereço desejado. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199 contendo o Código de Endereçamento Postal (CEP) de interesse. Mais de um CEP pode ser cadastrado para receber os alertas, mas cada um deve ser enviado em mensagem separada.

O serviço é gratuito e pode ser descontinuado quando o cidadão desejar, bastando enviar uma mensagem com a palavra SAIR para o mesmo número do cadastramento. Os alertas via celular estão em funcionamento em vários estados e até o mês de março deverão estar implantados em todas as regiões do País.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a eleição para Governador fosse hoje, quem teria o seu voto?

35.8%
8.1%
7.5%
22.0%
11.6%
15.0%