13/06/2017 às 19h53min - Atualizada em 13/06/2017 às 19h53min

Pimenta do Reino XIII

NEPOTISMO
*O número de parentes instalados na prefeitura e órgãos auxiliares por obra e graça de seus “padrinhos” é tão grande que assustou até um experiente fiscal da vida alheia, empenhado em elaborar um levantamento criterioso do nepotismo direto e cruzado em Amambai.
 
O DESAFIO 
Do Tribunal de Contas será estabelecer parâmetros justos para normatizar  a concessão do pagamento de diárias dos vereadores em viagens. A corte  sabiamente reconhece: existem viagens justificáveis  - mas existem aquelas com o objetivo único de ‘levar’ o dinheiro do contribuinte.

FAÇAM SUAS APOSTAS
Faltando pouco mais de seis meses para 2018, quase ninguém se arrisca a apostar em quem será candidato ao governo de Mato Grosso do Sul no ano que vem. No meio político, o consenso é o de que a Lama Asfáltica e a denúncia da JBS na Lava Jato embaralharam as cartas ao respingar nos três últimos governadores – Zeca do PT, André Puccinelli (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB).

IMPEACHMENT I –
Uma Comissão foi criada na Assembleia Legislativa para analisar se houve ou não crime de responsabilidade praticado pelo governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, denunciado por empresários. 

IMPEACHMET II –
A certeza que se tem aqui de fora é que o governador tucano será inocentado sob alegação de falta de prova. É que os dois poderes trabalham na mais perfeita sintonia.

IMPEACHMENT III –
São membros titulares os deputados Paulo Corrêa (PR), presidente, Eduardo Rocha (PMDB), vice-presidente e Flavio Kayatt, relator. E ainda os deputados Marcio Fernandes (PMDB) e Pedro Kemp (PT).
 
FANTÁSTICO’
 
 Expectativa quanto ao trabalho  da comissão de parlamentares  para investigar o governador Reinaldo na delação de Wesley Batista, da JBS. Lembro: deu ‘pizza’ no caso envolvendo o deputado Paulo Corrêa (PR) ensinando o colega Felipe Orro (PSDB) a fraudar a lista de ponto. Por analogia...
 
PREVENÇÃO
Alguns deputados estaduais fizeram de tudo para evitar um explosivo visitante que circulava na Assembleia Legislativa. Era o pastor evangélico Jairo Fernandes Silveira, fundador e dirigente da Comunidade Evangélica do Brasil (CEB), sediada em Maracaju. Foi ele quem gravou as conversas entre os deputados Paulo Corrêa (PR) e Felipe Orro (PSDB), nas quais aquele ensinava este como driblar os registros de ponto de servidores lotados em seus gabinetes, mas sem a obrigação de comparecer no local de trabalho. O pastor carrega consigo equipamentos sofisticados de captura de escutas telefônicas.
 
 RECUOU I –
Por contas das acusações que foram feitas por Joesley Batista, do Grupo JBS, assegurando que alimentava com propina a administração, circulam rumores de que o governador Reinaldo Azambuja não será candidato à reeleição.
 
RECUOU II –
Particularmente não acredito em tal possibilidade. Se assim fosse Reinaldo não estaria cumprindo agenda de trabalho no interior para inauguração e lançamento de novas obras.
 
DEFESA I –
O governador de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ministro da Corte Luiz Edson Fachin deixe a relatoria das delações dos donos da JBS.
 
DEFESA II –
O governador sul-mato-grossense também protocolou recurso para tentar anular a delação do empresário Wesley Batista, um dos sócios da JBS, que o acusou de ter recebido propina em troca de incentivos fiscais.
 
ATENTO
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) já sabe que anda dormindo com o inimigo. E com certeza identificou ao menos de onde partem alguns disparos aparentemente misteriosos, que são dados em sua direção dentro do próprio contexto político. Amigos ursos semelhantes também se esbaldaram na trairagem dentro da família andrezista, a ponto de o ex-governador André Puccinelli concluir que ele e seu sucessor andam sendo alvos de uma mesma trama. Será? E para beneficiar quem? Tomara que não seja fogo mútuo... 
 
VAIDADE I –
As prisões de políticos no âmbito da Lava-Jato têm revelado os pecados capitais dos homens públicos do Brasil. A ganância, indubitavelmente, é a preferida da maioria dos acusados. Roubar virou sinônimo de poder. 
 
ELEIÇÕES Ä VISTA
 O secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, já decidiu que, se for candidato a cargo eletivo, em 2018, não se deixará cercar por algumas “cabeças” da vez. 
 
TRÊMULOS
A classe política de Mato Grosso do Sul, citada na delação dos donos da JBS, irmãos Joesley e Wesley Batista, está assustada com o que está por vir do ministro do STF, Edson Fachin. Com as constantes prisões acontecendo com parlamentares em pleno mandato, sei não, a bomba que pode cair em terras pantaneiras.   

MUSA
Tem muito marmanjo que nem era muito ligado em novela e agora não perde um capítulo de “A Força do Querer”. O motivo: a policial militar Jeysa, interpretada por Paola Oliveira, sobrando em sensualidade com ou sem a farda. Parece que a bela estava ansiosa para trocar aqueles papéis “água-com-açúcar” pelo de mulher devoradora. 
Link
Leia Também »
Comentários »