15/04/2017 às 13h54min - Atualizada em 15/04/2017 às 13h54min

Sem santificação ninguém verá o Senhor

“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hebreus 12.14)

Deus é Santo! E para que O chamemos de Pai, é necessário que nos santifiquemos, pois, assim como Deus é santo, sejamos também santos: “Porque eu sou o SENHOR, que vos faço subir da terra do Egito, para que eu seja vosso Deus, e para que sejais santos; porque eu sou santo” (Lv 11.45). Quando Deus libertou seu povo do Egito, Mandou que todos se santificassem: “Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR, vosso Deus, sou santo” (Lv 19.2).
 
Da mesma maneira hoje, quando o Senhor nos liberta da escravidão do pecado, devemos nos santificar, e de forma alguma, desprezarmos a graça que Deus nos oferece por meio do sacrifício do seu Unigênito Filho Jesus Cristo, e Primogênito Filho dentre os homens, dos que creem em Cristo: “Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, quem despreza isto não despreza ao homem, mas, sim, a Deus, que nos deu também o seu Espírito Santo” (1Tessalonicences 4.7,8).
 
A partir do momento em que cremos em Cristo, devemos dar honra e glória àquele que nos salvou: “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” (1Coríntios 6.20). “Portanto, santificai-vos e sede santos, pois eu sou o SENHOR, vosso Deus. E guardai os meus estatutos e cumpri-os. Eu sou o SENHOR que vos santifica” (Lv 20.7,8).
 
Para ser santo é preciso renunciar a todas as práticas pecaminosas, sejam elas pelos pensamentos, palavras ou ações: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como vos antes já disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus” (Gl 5.19-21).
 
Os santos não vivem pecando, mas, se santificando; praticando a justiça, a misericórdia e a fé: “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o Reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus” (1Co 6.9,10). Seja liberto! Seja salvo: “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hebreus 12.14).
Link
Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

53.8%
7.3%
30.6%
8.3%