30/07/2018 às 17h32min - Atualizada em 30/07/2018 às 17h32min

Pimenta do Reino XXVIII

PIJAMA
Como já era de se esperar, André Puccinelli (MDB) desistiu de ser candidato ao governo de Mato Grosso do Sul. Preso desde o último dia 20 de julho, o ex-governador teve dois habeas corpus negados pela Justiça. Desta vez, deve vestir o pijama pra eternidade. 
SEMÁFORO 
Será que nossos políticos sabem o significado de seus sinais? Fico observando as suas manobras e planos antes da campanha começar e vem à cabeça a tese simples, verdadeira do ex-boxeador Mike Tysson: “Todo mundo tem um plano até levar um soco na boca”. As lições do passado mostram o eleitor reticente, faca nos dentes, indignado calçando suas luvas. Aí o nocaute pode ocorrer bem antes.
 CONTINUANDO... 
“...Em política, muito do que se é resulta definido pelo que se combate. Reitero ser ainda cedo para opções eleitorais definitivas. Na minha planilha chegou a hora de marcar quem combate quem e o que combate. Isso tem seu lado divertido e seu lado desolador. É divertido observar o descaramento das negociações que distribuem terrenos na lua do poder. E desolador o confinamento da maioria do eleitorado”. (Percival Puggina)
 VERDADES  “A Rede Globo inventou uma pesquisa para saber o que o brasileiro quer para o futuro em seu país. Combate a corrupção é o tema mais apontado. Talvez não seja muito grande o número de pessoas que sabem exatamente quem foram ou são os responsáveis pelos altos índices de corrupção em nosso país.”
 CONTINUANDO... 
“...O Brasil chegou a figurar entre os 15 mais corruptos e a Petrobras esteve no pódio dos maiores escândalos de corrupção da história. Alguns dos responsáveis estão presos, outros estão na fila – e muito dos presos esperando uma chance para ganhar a rua e continuar...” ( Mané Galo)
 A MEIO PAU
Como bradar a bandeira da ética e moralidade com tantos  ‘notáveis’ do MDB envolvidos em escândalos e até presos? Esse o desafio ou dilema da senadora Simone. Para piorar, Puccinelli padrinho da sua  candidatura, também em desgraça  pelas denúncias de corrupção no exercício do cargo.
FADIGA
A devassa eleitoral que se avizinha é fruto  disso. É visível o envelhecimento do grupo de André. Basta olhar a sua volta nas últimas fotos do MDB. A exemplo do PT, o MDB não se renovou. Para piorar, a imagem do MDB nacional é associada a corrupção sem tamanho há muitos anos. É bom falar baixo.
OBSERVADOR
plantonista no saguão da AL questionando se o tempo  no horário eleitoral gratuito do PR (‘pobre república!’) a ser utilizado pelo candidato do MDB  proporcionará mais prejuízos do que dividendos. Após a debandada geral dos deputados, a imagem que ficou do PR é do ex-deputado  Giroto preso.
PREPAREM-SE!
Repito o aviso para que os deputados não se fiem no prestígio de seu candidato a governador. O fenômeno do passado, quando muitos candidatos  foram  beneficiados pela proximidade ( ou luz) do candidato ao Executivo, não deve se repetir.
BAIXA
Pesquisas apontam o desgaste do PT levando a crer que o seu candidato Amaducci repita o desastre de Alex do PT na capital. O PT perdeu com a corrupção o seu patrimônio eleitoral   representado pelo discurso da ética. Caíram a máscara e a fantasia, ‘o rei Lula’ ficou nu.
GUERRA
eleitoral no celular já começou. Duas fotos fazendo sucesso . De André  numa viatura da PF e do juiz Odilon com  personagens que seriam ligados ao jogo do bicho. Novas batalhas virão e as ‘vísceras’ dos candidatos ficarão cada vez mais expostas. O eleitor - observando o cenário com o inconfundível ‘rabo de olho’.
APESAR
da vigilância das autoridades, a guerra digital não perdoará demagogos,  inocentes, corruptos e veteranos. Vão vasculhar atrás das cortinas e até debaixo da cama  na tentativa de achar algo comprometedor. Se antes investigavam a vida pregressa dos candidatos como filho bastardo e cheque frio, hoje a busca é mais profunda.   
DEPUTADO
federal não pode ser  mero ‘despachante’ em Brasília. Há que ganhar espaço pelo conjunto. Fábio Trad  foi eleito o 3º deputado federal mais importante do país pela assiduidade, nível e importância de projetos, participação em debates , gastos moderados  e comportamento compatível. A indicação é do ‘Ranking Políticos’ – site  que acompanha a atuação dos parlamentares.   
 Chapa Proporcional
Ficou definido que a coligação do governador Reinaldo Azambuja vai trabalhar com duas chapas proporcionais na disputa pela Câmara dos Deputados. Com isso, Tereza Cristina e Mandetta não precisariam mais concorrer diretamente com os candidatos tucanos Rose Modesto (vice-governadora), Beto Pereira (presidente estadual do PSDB) e Geraldo Resende (que está no quarto mandato).
Chapa de Federais
Na chapa dos candidatos do Democratas à Câmara dos Deputados estará ainda o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), o atual deputado federal Fábio Trad (PSD), além de outros nomes com densidade eleitoral no interior de Mato Grosso do Sul. Já na chapa dos tucanos estará o deputado federal Elizeu Dionísio (PSB), que abandonou a coligação que já estava praticamente certa com André Puccinelli tão logo o ex-governador foi levado ao cárcere.
Candidatos ao Senado
Tanto insistiu, correu atrás, se esforçou que o ex-secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli (PSDB), será candidato ao Senado Federal na chapa majoritária de Reinaldo Azambuja.  Mesmo sem nunca ter recebido um único voto, sem qualquer experiência legislativa ou executiva, Miglioli estará disputado o senado ao lado do ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB).
Terceira Chapa
Existe ainda a possibilidade de se construir uma terceira chapa para a Câmara dos Deputados. Reunindo os candidatos tucanos Rose Modesto, Beto Pereira e Geraldo Resende numa chapa; os candidatos democratas Tereza Cristina e Luiz Henrique Mandetta em outra e os coligados Eliseu Dionísio, Fábio Trad e Alcides Bernal na última. Essa possibilidade ainda está em análise pelas eminências pardas da campanha de Reinaldo Azambuja.
Faceirice de Reinaldo
Com essa engenharia toda, Reinaldo Azambuja que já estava rindo a toa com a prisão do ex-governador André Puccinelli (MDB), que liderava as pesquisas de intenção de voto na maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul, já que acaba de garantir mais um mandato, pois o apoio de Murilo Zauith e do Democratas praticamente definiu a disputa eleitoral em Mato Grosso do Sul. Pode encomendar o terno da posse!

Ardidas
  • As últimas três viagens dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (MDB-CE) respectivamente, já custaram cerca de R$ 250 mil aos cofres públicos.
  • Desde abril deste ano, eles saem do país sempre que o presidente Michel Temer também se ausenta. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o valor corresponde a diárias de servidores e custo com combustível para os aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).
  • Maia e Eunício recusaram receber diárias, mas os gastos também incluem servidores e parlamentares que acompanharam as missões oficiais de ambos. Os dois viajaram em abril, junho e julho e estão fora do país desde domingo novamente, mas estão em viagens particulares.
  • Em abril, o gasto estimado com combustível para o avião da FAB que transportou Maia e outros parlamentares à Cidade do Panamá é de pouco mais de R$ 53,3 mil.
  • A viagem de Eunício ao Japão no mesmo período custou R$ 30.138,65, segundo informações do site do Senado.
  • Com diárias pagas a servidores e parlamentares foram R$ 51.134,93 para a missão oficial da Câmara e R$ 14 mil para a do Senado.
Link
Relacionadas »
Comentários »

Qual o principal sentimento que você tem em relação à pandemia de Covid-19?

54.6%
6.3%
31.2%
7.9%